X




X

Porto de Setúbal na rota para ser «imprescindível» à competitividade

11 Jul
O Secretário de Estado das Infraestruturas, Hugo Espírito Santo, visitou o Porto de Setúbal e reuniu com os membros do Conselho de Administração do porto sadino. A visita contou com um périplo pelos terminais portuários. O governante exaltou os investimentos planeados para a infraestrutura e realçou o papel de «parceiro imprescindível» que o porto tem na competitividade da Economia.

A visita de Hugo Espírito Santo ao Porto de Setúbal começou pelo canal sul, junto a Tróia, ficando a conhecer os projetos de investimento e expansão. O governante rumou depois até ao canal norte, percorrendo os restantes terminais instalados naquela zona da baía do rio Sado. Durante o périplo, o Secretário de Estado das Infraestruturas elencou os vários «investimentos industriais» projetados para a península de Setúbal e o potencial estes que terão no crescimento e evolução do porto.
Porto de Setúbal vital para a «internacionalização da economia»
Os vários projetos, seja na área dos biocombustíveis, das energias verdes ou da reparação naval sustentável, «vão contribuir para posicionar o porto como um parceiro imprescindível para a melhoria da competitividade e internacionalização da economia nacional», declarou Hugo Espírito Santo. A visita enquadrou-se no conjunto de ações de estreitamento de relações institucionais entre o novo Executivo e o sistema portuário português. Depois de Sines e Setúbal, o governante visitará o Porto de Lisboa.

À margem do evento, Carlos Correia, presidente do Conselho de Administração da APSS, deu relevo à «relevância da continuidade da estratégia designada por Hub2Green Setúbal», que pretende «transformar o Porto de Setúbal num Hub Económico de Desenvolvimento Sustentável diferenciador a nível, regional, nacional e europeu, integrante de cadeias logísticas sustentáveis e infraestrutura determinante para a atração dos novos clusters da reindustrialização, das energias verdes e da economia circular».

Ajude-nos a crescer